AGENDE UMA CONSULTA:: 31 2105 6500 | 313514 7000 | 31 97102 5051

A laparoscopia e a endourologia são duas das áreas médicas que mais se desenvolveram nos últimos anos, proporcionando aos pacientes menos dor, alta hospitalar mais rápida  e retorno breve às suas atividades cotidianas.

Mas os benefícios não param por aí. As técnicas minimamente invasivas para o tratamento de doenças renais e urogenitais incluem:

– Menos sangramento durante a operação

– Menor risco de complicações na cirurgia

– Menor índice de infecção

– Menos dor no pós-operatório

– Recuperação mais rápida

– Retorno mais rápido à rotina

– Melhor resultado estético (cicatrizes menores)

Isso é possível porque o maior objetivo dos procedimentos minimamente invasivos é a máxima preservação da anatomia e a mínima agressão ao organismo. Por isso, as incisões são bem pequenas, de no máximo 0,5 cm.

É a garantia de um trauma muito menor ao corpo do paciente do que acontecia em procedimentos convencionais como a cirurgia aberta, que demandava um grande corte abdominal com maiores riscos de complicações.

Mas é essencial que o cirurgião tenha experiência no procedimento. Por isso, caso precise, procure por um profissional de plena confiança.